• Os benefícios de fazer Pilates

    1. Corrige e melhora a postura
    Você sofre por ficar diariamente horas sentado em frente ao computador e isso lhe causa diversas dores nas costas? Na maioria dos casos, isso ocorre devido à má postura.

    Corrigir esse problema é um dos principais benefícios de fazer pilates. Os exercícios de alongamento e de fortalecimento são focados no “core”, o conjunto de músculos centrais do corpo, responsáveis pela adequação da postura, e ajudam a realinhar a coluna vertebral, melhorando rapidamente a postura de seus praticantes.

    Quando bem trabalhada e estimulada, a musculatura da região pélvica e lombar mantém a estabilidade da coluna e também dão suporte aos quadris, aliviando dores nas costas e proporcionando a postura ideal, mais ereta e altiva, contribuindo para movimentos corporais mais elegantes e harmoniosos.

    2. Fortalece os músculos e aumenta aspectos como força e resistência
    O fortalecimento muscular global e o correto alongamento dos músculos do “core” melhora diversos aspectos essenciais, como força, resistência, flexibilidade, mobilidade, equilíbrio e elasticidade, sem provocar aumento excessivo de massa magra.

    Isso ocorre porque as séries de exercícios e de alongamentos realizados durante as aulas de pilates contribuem para a tonificação dos músculos das costas, abdômen, pelve e quadris, região considerada o centro gravitacional do corpo humano e que dá estabilidade aos movimentos.

    Todo exercício praticado regularmente também ajuda a perder peso e diminuir o percentual de gordura localizada. Com o pilates não é diferente! E pode ser ainda melhor se esse método estiver associado a algum tipo de exercício aeróbico para promover a queima calórica ainda mais rápida.

    3. Diminui o estresse
    Como dissemos anteriormente, o pilates é uma técnica de condicionamento físico e também mental. Para realizar esses exercícios, respirar corretamente é fundamental para relaxar, aliviar dores e tensões osteomusculares e energizar corpo por completo.

    Além disso, o controle mental exigido durante essa prática faz com que seus adeptos desenvolvam uma melhor capacidade de controlar seu próprio corpo, sobretudo as atividades cerebrais, diminuindo aspectos nocivos à saúde humana, como o estresse e a ansiedade.

    Aprimorar o controle das emoções também contribui para lidar melhor com situações cotidianas adversas, como pressões profissionais ou acadêmicas, por exemplo, garantindo tranquilidade e serenidade para tomar decisões difíceis ou resolver problemas.

    4. Melhora a qualidade do sono
    Considerado um problema de saúde pública, dormir bem é importante para a qualidade de vida de pessoas de todas as idades. E quem pratica pilates com frequência percebe rapidamente essa mudança, com noites mais tranquilas, bem-dormidas e relaxantes.

    O equilíbrio entre o corpo e a mente proporcionado por essa prática milenar reduz consideravelmente sintomas prejudiciais ao sono e ao bem-estar, como dores crônicas, tensões e estresse que são somatizados durante todo o dia.

    O alongamento dos músculos e o fortalecimento da musculatura do tronco obtido com o pilates ajuda a regular e melhorar a qualidade do sono, acabando ou diminuindo com seus distúrbios, como ronco, apneia e a insônia, problemas enfrentados por mais de 60% dos brasileiros.

    Para se ter ideia, mais da metade da população brasileira adulta sofre de ronco (54%), principalmente as pessoas obesas, idosos e mulheres na pós-menopausa. Em cerca de 70% dos casos, esse não é um problema sério.

    Entretanto, em 30% deles isso pode se tornar algo sério, evoluindo para a apneia do sono, condição na qual o indivíduo para de respirar consecutivamente por mais de 10 segundos enquanto dorme. Além disso, mais de 15 milhões de pessoas — cerca de 7,5% da população brasileira — faz uso de medicamentos para dormir.

    5. Ajuda na prevenção da osteoporose
    Três em cada quatro mulheres brasileiras, sobretudo as que estão na fase da pós-menopausa, na faixa etária de mais de 50 anos, sofrem com perda acentuada de massa óssea, a famigerada osteoporose, distúrbio que diminui a absorção de minerais e cálcio pelo organismo e enfraquece os ossos.

     

Deixe seu comentário

Cancelar

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0